Home > 3 dicas para anunciantes investirem em marketing de busca local

3 dicas para anunciantes investirem em marketing de busca local

POR JON SCHEPKE, CEO da SIM Partners
Do Meio & Mensagem

Anunciantes sempre ouvem: as marcas mais próximas aos consumidores são as vencedoras.

Mas isso está cada vez mais difícil, pois consumidores continuam a colocar um espaço bem grande entre elas e a marca. As pessoas pagam para remover publicidade de seus apps e games, instalam softwares que bloqueiam anúncios para navegar à vontade e compram DVRs que permitem que pulem comerciais automaticamente.

Mas há um caminho para que as marcas consigam ultrapassar essa barreira entre elas e o público: o marketing local. Trata-se de uma ótima maneira de reforçar conexões por meio de busca, social e mobile nos momentos e circunstâncias importantes. Porém, alguns anunciantes estão hesitantes.

E isso é totalmente compreensível. A marketing de busca local exige um ecossistema complexo de mídia orgânica e paga. Está sempre evoluindo e essa necessidade de fluidez e adaptabilidade é uma barreira até para o mais adepto do digital.

No entanto, profissionais não podem contentar-se com uma abordagem “espere e verá”. Eles precisam ser proativos e executar uma estratégia de busca local. O Google afirma que 72% dos consumidores que procuram por informações locais em um smartphone visitam uma loja a uma curta distância de onde estão naquele instante. Isso é uma grande oportunidade para construir a percepção da marca e impulsionar as compras por meio de esforços de marketing local.

Para ficar mais perto do público em 2015 e nos próximos anos, anunciantes devem desenvolver programas de local search que integrem estratégias mais amplas de marketing e branding. Confira algumas dicas para te ajudar a usufruir dessa oportunidade:

1. Entenda como priorizar a busca local. Marcas devem perseguir o local no ritmo certo para elas. O escopo de seus esforços de busca local depende do tamanho de sua digital local e do quanto seus clientes são ligados ao mobile. Por exemplo, se você é uma marca que está em diversos pontos e tem uma audiência forte no mobile, definir uma estratégia de local search deve ser sua prioridade.

2. Identifique sua abordagem para adotar o local. Devido às complicações em torno da busca local, é importante que as marcas definam o passo a passo. É importante adotar uma curva de adoção de marketing local, que estipula o tamanho dos passos que uma marca deve dar: engatinhar (entender o básico com listagens locais), andar (SEO, otimizar páginas locais) e correr (busca paga hyper-local e segmentação paga no social).

3. Considere um sistema de automação. Algumas marcas podem estar relutantes para aderir ao marketing de local search porque suas tentativas anteriores exigiram muitos recursos e trabalhos manuais. Há uma razão para isso: de acordo com um novo estudo da Forrester Research, a maioria dos anunciantes que querem implementar a busca local está usando ferramentas que não são de local search. Há uma falta geral de ferramentas disponíveis no mercado especificamente para marketing de busca local. Essas ferramentas oferecem funções que tornam esse tipo de marketing mais gerenciável e menos complexos.

Não espere para ver. Comece a abraçar o marketing local com estratégias mais ponderadas e defina uma abordagem de adoção que encante seus clientes, combine com sua marca e sirva de base para seu negócio de 2015 em diante.

Fonte: ProXXIma